(11) 95395-6636

Atendimento: 09:00h às 18:00h

Síndrome de CLOVES e suas Conexões Genéticas

A Síndrome de CLOVES: Desvendando Desafios Além da Superfície

Esta condição rara é desencadeada por uma alteração genética no gene chamado Pik3Ca. Curiosamente, outras anomalias vasculares também compartilham dessa mesma alteração genética. O denominador comum entre elas é a presença de assimetria corporal, evidenciada pelo crescimento acentuado de um membro ou até mesmo de todo um lado do corpo.

Na Síndrome de CLOVES, o crescimento anormal de tecido gorduroso é notável, formando volumes localizados no tronco, frequentemente nas costas. Além disso, manifestações como alterações esqueléticas (escoliose e separação anormal entre os dedos dos pés) e malformações vasculares, incluindo cistos linfáticos e malformações venosas, são características distintivas. Malformações capilares na pele, representadas por manchas avermelhadas geralmente planas, também podem estar presentes.

Desafios Além do Corpo: Autoestima, Dores e Diagnóstico Difícil

Os portadores da Síndrome de CLOVES enfrentam não apenas desafios físicos, mas também emocionais. A resiliência e a determinação tornam-se fundamentais para superar diariamente os obstáculos impostos por essas alterações. A dificuldade em lidar com questões de autoestima, associadas às transformações corporais, adiciona uma camada extra aos desafios enfrentados por esses indivíduos.

Além disso, as dores decorrentes da síndrome constituem um desafio constante, exigindo não apenas tratamentos médicos eficazes, mas também um suporte emocional contínuo. A obtenção do diagnóstico é, por si só, uma jornada árdua. A raridade da Síndrome de CLOVES muitas vezes resulta em diagnósticos equivocados, pela falta de conhecimento ou acesso a médicos especializados na área.

Diagnósticos Diferenciais: Desvendando o Desconhecido

A Síndrome de CLOVES e outras anomalias vasculares congênitas são doenças extremamente raras, muitas vezes desconhecidas por médicos que não são especialistas na área. A raridade dessas condições também faz com que os próprios pacientes desconheçam outros indivíduos com experiências semelhantes, gerando sentimentos difíceis de lidar e inseguranças.

Abordagem Multidisciplinar: Uma Visão Abrangente

A avaliação realizada por diversos especialistas proporciona um diagnóstico abrangente, combinando análises clínicas, hematológicas e exames de imagem. Essa base é essencial para desenvolver um planejamento terapêutico adequado. O tratamento pode envolver abordagens clínicas, medicamentosas, cirúrgicas, ortopédicas, hematológicas e até mesmo cirurgias plásticas reconstrutivas. A abordagem multidisciplinar inclui também a reabilitação funcional e o acompanhamento psicológico, aspectos cruciais para o desenvolvimento de crianças nascidas com essa condição.

Avanços na Pesquisa e Tratamento: Luz no Fim do Túnel

Apesar dos desafios, as pesquisas científicas continuam progredindo, trazendo à tona novas terapias e medicamentos. Esses avanços renovam a esperança de uma melhoria constante na qualidade de vida dos pacientes com Síndrome de CLOVES.

Últimas do Blog

Obrigado!

Em breve entraremos em contato.

Vamos agendar sua consulta?